quinta-feira, 11 de março de 2010

Do editor

Se a semana de moda mais visada do Planeta dita uma tendência, pode ter certeza de que tal tendência vai dar o que falar até a próxima temporada de moda.
É assim que acontece com a temporada de moda parisiense, tudo que se dita em suas passarelas tem um peso mais forte e diante de olhares de uma elite de jornalistas e editores de moda, nada passa despercebido.
Tudo começou depois de uma avalanche de modelos super magras desfilarem nas semanas de moda brasileira. Foi o boom para se discutir sobre o polémico peso das modelos que teve até intervenção da editora chefe da "Vogue" americana Anna Wintour, que convidou o diretor da "SPFW" para uma reunião a portas fechadas.
Logo em seguida veio a temporada de moda americana, que paralela ao nosso fervoroso Carnaval trouxe de uma maneira sutil, (muito sutil digamos) o retorno das modelos curvilíneas.
Mas o boom da super tendência no mercado das modelos veio mesmo com força total nas passarelas de Milão, com um time de super tops da "Victoria's Secret" desfilando para grifes que ditam um padrão a ser seguido no mercado internacional como a "Prada".
E falo de modelos como Doutzen Kroes e Lara Stone, que vestem acima do tamanho 38.
Já na semana de moda de Paris, a label do britânico Giles Deacon escalou para seu casting modelos como Karolina Kurkova que abriu seu desfile, Jeísa Chiminazzo, Izabel Goulart, a polêmica Coco Rocha, dentre outras.

A era Gisele Bundchen está alçando voo novamente e tem apoio de grande parte dos super-profissionais da área.
A "Louis Vuitton" veio com tudo na tendência das modelos com curvas, escalando até a nossa super sexy model Adriana Lima, que desfilou um corpão de tirar o fôlego em um vestido super decotado, assim como a top Karolina Kurkova.
E Deus... Criou a Mulher! Com esse tema inusitado a passarela da "Vuitton" é sem duvidas o retrato fiel do que vamos ver daqui em diante. Modelos com mais curvas e uma estética que supre o saudável, como vimos a super top dos anos 90, Laetitia Casta abrir o desfile da Maison francesa com seu poderoso sex appeal.
Já temos Lara Stone, a modelo número 1 do mundo no badalado ranking do Models.com. "Lara tem um corpo maravilhoso de mulher" diz o estilista Karl Lagerfeld sobre sua musa.
Como editor do blog, creio que a era das curvilíneas vem com força em um momento muito oportuno no mercado das modelos e a semana de moda da Cidade Luz só veio confirmar o reinado das voluptuosas, dando um tempo na insistente androginia que vem acompanhando as passarelas do mundo afora.

Fabio Lage,
Editor

Foto: Reprodução

6 comentários:

Rosana disse...

Gostei e muito da nova coluna do seu blog.
Acho bacana o trabalho que vocês vem fazendo.
E que venham as gostosas nas passarelas!

Jacque disse...

Parabéns Fabio pelo texto. É uma pena q nem todas as marcas realmente tem essa visão, como a Balenciaga e Calvin Klein q ainda gostam dessa silhueta super magra e apática, q as vezes aparenta um monte de papel celofane, oq se é compreensivo até o pq já q o foco fica realmente nas roupas.
Mas até o Victoria's Secret está aderindo a estereótipo, só olhar o ultimo VSFW, que tirando as Angels e 3 ou 4(Se bem q miranda Kerr cada dia q passa está mais magra) o casting foi total de meninas do High Fashion. Fiquei assustada em pensar q até a silhueta do VS estava mudando.
Acho q a volta das modelos "gostosas" tem muito a ver com divulgação da marca, pra render um bla bla bla e possíveis campanhas. Já q a maioria dessas meninas fazem 70 desfiles no eixo da temporada mas campanha q é bom nada, já q lhes falta carisma e personalidade. E na hra do "vamo ver" eles sempre preferem aquelas q podem representar a marca por completo. Q por coincidência são essas modelos com o visual saudável .. é pode ser só coincidência...
Falei muito, e se quem ler entender tá bom ..^^,

carla disse...

Até que enfim o bom senso!
Harmonia entre as criaturas e os criadores.

Wevilin zacomozzi disse...

Não entendi sobre a gisele!!!!!!!

Izabel disse...

Parabéns pelo super texto incrível!
Gostei!

Anônimo disse...

Prefiro as modelos magras mesmo.
O trabalho das new faces (nem tão new depois do SPFW) Alicia Kuczman e Lais Ribeiro, por exemplo é fantástico, além das modelos mais conhecidas como Viviane Orth, Bruna Tenório, Daiane Conterato...Acho que as pessoas ficam prestando muita atenção nisso, sem ver a beleza e qualidade das modelos em sí e, preferem, em vez de meninas com um corpo mais comum (o que, me desculpe é bem ridículo, nesse caso não haveriam modelos, qualquer um poderia desfilar), meninas plus size.